A Companhia de Seguros do Estado, com a qual tenho um privilégio de manter relações laborais de confiança, tem vindo a distinguir-se nos últimos momentos na comunicação social.

Destaque para a Conferência "Inovar a Reforma" no passado dia 14 no Auditório da Fundação Champalimaud, onde se debateu a preocupação da sustentabilidade individual. Mais pode ser  lido aqui: http://www.conferenciasfidelidadeseguros.pt/inovar-a-reforma

O lucro da Fidelidade - Companhia de Seguros S.A., aumentou 5% para 69,7 milhões de euros até ao final de Setembro, justificado pelas margens técnicas, ou seja, pela diminuição da exposição ao risco, menos carros a circular (pelo menos com seguro válido digo eu) e poderia ter sido maior não fosse o elevado aprovisionamento da dívida grega.


Não poderia deixar passar a prontidão em destacar imediatamente equipas de peritos e técnicos especializados para trabalhar no levantamento de dados no tornado no Algarve de forma a poder minimizar os danos patrimoniais causados por este fenómeno da Natureza no passado dia 16.

Com pequenos gestos, vou tentando também contribuir para resolver os problemas alheios do dia-a-dia...


Comentários