Para uns e para outros...


"Se eles não acreditam um no outro como é que os portugueses hão-de acreditar neles"

Comentários

  1. Palavras de António José Seguro, referindo-se ao Governo, oxalá sejam ouvidas e base de reflexão para tantas outras coisas

    ResponderEliminar

Enviar um comentário