Mal necessário...

Terá sido em 2001, altura em que concluía os meus estudos quando um dia naquela sala aquele Professor entrou para leccionar uma das cadeiras que mais gostei durante a minha formação académica - Gestão de Seguros, dizendo que os seguros são um mal necessário e que o objectivo seria que no final do semestre todos os ali presentes tivessem uma imagem diferente daquilo que é a realidade dos seguros. Segundo o mesmo consegui licença para entrar no mundo da indústria seguradora. E cá estou, dando o melhor de mim a cada dia tentando resolver os problemas dos outros, tentando fazer jus a essa mensagem que tanto me marcou. Ah é verdade, na bagagem não levo só sabedoria (sou demasiado humilde para pensar que já sei tudo, pouco comodista para me conformar com o pouco que sei), levo também uma grande dose de amizade e de bons relacionamentos humanos, amigos que nunca quererei perder e que admiro pelo seu profissionalismo... Talvez seja por tanto haver por aprender que agora começo a escrever estas linhas.


Comentários